quinta-feira, 30 de abril de 2009

O Lulinha domador e o seu Cirque du Soleil

Charge de Gilmar, gilmaronline.zip.net

Em pesquisa pelo ciberespaço cheguei à origem da palavra "trabalho", que tem nascedouro no vocábulo latino TRIPALIUM – denominação de um instrumento de tortura formado por três (tri) paus (palus). Desse modo, originalmente, "trabalhar" significa ser torturado no tripalium. Coisa que o nosso perverso presidente sabe fazer como ninguém. O tripalium de hoje representa (já contabilizavam em 2004) 74 tipos de taxas e impostos.

Mas voltando à Idade Média, uma pergunta agora cabe: quem eram os torturados? É claro que não eram os caucasianos de olhos azuis – como disse meu caro amigo Luiz Inácio Imposto de Renda da Silva. Quem sofriam mesmo eram os espinhaços dos escravos e dos pobres que não podiam pagar os pesadíssimos tributos (qualquer semelhança, em dias atuais, considere-se mera coincidência). Assim, quem "trabalhava", naquele tempo, eram as pessoas destituídas de posses.

A partir daí, essa ideia de trabalhar como ser torturado passou a dar entendimento não só ao fato de tortura em si, mas também, por extensão, às atividades físicas produtivas realizadas pelos trabalhadores em geral: camponeses, artesãos, agricultores, pedreiros etc. Tal sentido foi de uso comum na Antiguidade e, com esse significado, é que o vocábulo “trabalho” atravessou quase toda a Idade Média.

De acordo com fontes da supracitada pesquisa, só a partir do século XIV é que o verbete "trabalho" começou a ter o sentido genérico que hoje lhe atribuímos, qual seja, o de "aplicação das forças e faculdades (talentos, habilidades) humanas para alcançar um determinado fim", muito diferente daquele original em que o "trabalhador" era um carrasco, e não a "vítima", como hoje em dia.

Vale dizer, porém, que com a especialização das atividades humanas, imposta pela evolução cultural da humanidade, o termo "trabalho" tem hoje uma série de diferentes significados, de tal forma que o verbete, no Aurélio, dedica-lhe 20 acepções básicas somadas a diversas expressões idiomáticas. Mas esse número não tem a menor importância, até porque o que somos de fato é "uns escravos", fantoches, marionetes... ante à platéia em sobressalto e aos relhos do Lulinha domador que o que quer mesmo é riso, hilariedade e graça: todos os anos os rendimentos de nosso vil trabalho.

(Ha-Ha-Ha-Ha! Aplausos! Aplausos!)

domingo, 26 de abril de 2009

Alunos do Travessia recebem diploma das mãos do Governador Eduardo Campos


Fotos: Marcelo De Marco

Quero partilhar aqui a minha alegria em ter alunos como Fernando da Silva Diniz – do Programa Travessia, na Escola Estadual Guiomar Krause, no bairro de Jardim Ipiranga, em Vitória de Santo Antão. Fernando obteve desempenho louvável (nota máxima entre alunos de escolas públicas e privadas do Estado) no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), conquistando – inclusive – bolsa universitária de estudos no valor de R$ 710,00, através do Programa Universidade para Todos (ProUni).

Hoje, o laureado aluno foi escolhido pela Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco e pela Fundação Roberto Marinho para ser o 1º aluno a receber, das mãos do Governador Eduardo Campos e de sua esposa – Renata, carinhoso abraço, diploma e elogios. Quando chamado ao palco pelos atores Dedina Bernardelli e Caio Blat, Fernando foi ovacionado por alunos e docentes que lotaram o Centro de Convenções.

A minha felicidade, enquanto professor, não se resume no sucesso de Fernando, tampouco no fato de sua nota ter majorado o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) da escola a qual faço parte. Meu sorriso indisfarçável tem a ver, principalmente, com a surpresa que o Programa Travessia provocou naqueles que apostaram em seu fracasso.

Portanto, aos alunos egressos e aos recém-chegados – digo: valeu a pena as 1600 h/a dedicadas em carteiras, sem o menor conforto, durante esses 18 meses. Vocês – caros alunos – demonstraram que a perseverança é a melhor e maior artilharia contra a pilhéria de professores amedrontados pela própria incompetência e pelo receio de ter a carga horária suprimida. Coitadinhos! Estão, agora, ainda mais preocupados!

A beleza e o encanto do programa em minha escola significaram reinserção social explícita. Por essa razão, sinto-me regozijado com o impacto que trabalhos sérios, como estes, provocam. Não apenas na vida de Fernando, mas sobretudo no dia-a-dia de muitos outros alunos, como: Severina (acompanhada de perto pelo Canal Futura) e Estanislau (que representou – emocionado – os alunos da GRE Mata-Centro, recebendo, do Secretário de Educação Danilo Cabral, diploma).

Posso dizer que esses valorosos aprendizes reencontraram um caminho para novas oportunidades. E é isto que acende em nós a chama viva de sentirmo-nos recompensados e desejosos que esta palma e que este triunfo contagie a todos, e, de maneira especial, àqueles que se permitiram infectar pelo vírus do comodismo e da prática à toa de censurar ideias que já não precisam mais provar que dão certo.

Meus parabéns àqueles colegas, da Escola Estadual Guiomar Krause Gonçalves, que apostaram no esmorecimento do Programa Travessia, que acreditaram no esvaziamento das salas! Meus parabéns, de verdade, pois vocês fizeram de nossa conquista algo ainda mais grandioso, tornaram – ainda que com perfídia e felonia – a nossa vitória ainda mais saborosa. Por esta razão, fazem parte – também – desse feito, dessa história! Meus parabéns sinceros!

sábado, 25 de abril de 2009

Parada obrigatória por um salário digno para os profissionais da educação


Em sinal de adesão à Greve Nacional em prol do Piso Salarial, veiculo aqui este pequeno informe repudiando a política educacional nesse país, quando assunto é "salário". Não é segredo para ninguém que a remuneração docente é uma piada. É inconcebível que um professor receba menos de um salário mínimo, mas é o que ocorre – veladamente – em muitos estabelecimentos educacionais, sobretudo os privados. São raras as escolas que respeitam seus profissionais e oferecem a eles uma condição mínima de trabalho digno. O professor convive, a todo instante, com muxoxos, caraduras e é moralmente assediado, ameaçado de "despejo", quando resolve se insurgir contra esse modelo padrasto de fazer educação.

O profissional do ensino exerce múltiplas funções na escola: além de professor, precisa ser psicólogo, babá, deve agir como pai, amigo, irmão. Pois é..., particularmente, não levantaria a minha voz contra tal polivalência, caso fôssemos devidamente recompensados. Mas não é isso o que ocorre. O educador não sabe o que é um feriado, um fim de semana, porque a escola abarrota-o de afazeres, explora-o, tira dele a última gota, usa e abusa, e sequer se ressente de tal descalabro. Aproveita-se da falta de opção que muitos professores têm em migrar para instituições de ensino que pragmatizem o respeito. Entretanto, pedem a estes, respeito integral às normas. Que incoerência, hein?!

Tenho a cristalina compreensão de que muitos, mas muitos – mesmo, docentes recebem uma fortuna pelo que fazem (ou deixam de fazer). São verdadeiras ervas daninhas, desalmados que nunca estiveram apaixonados pelo exercício do magistério. No caso de alguns servidores públicos, refugiam-se em cargos apenas pela estabilidade, pela cômoda situação de ter ao fim de cada mês seus vencimentos depositados. Surrupiadores! Mercenários! Esses camelôs da educação não merecem respeito. Mas a postura de nossos mandatários e dos donos de escolas também não pode ser generalista. Há ainda professores comprometidos! É imperativo, pois, incentivá-los!

É por esses professores que se permitem renovar, que transformam pessoas e que melhoram o entorno pensando a escola como uma companhia de agentes com papéis socializadores, que endosso o coro por melhores condições de trabalho e que admoesto respeito por essa classe tão vilipendiada, juntando-me àqueles que pedem apenas o cumprimento da lei! O que se pleiteia, senhores, é que donos de escolas reconheçam a importância do professor, reajustando salários (hoje, de miséria), implementando o piso e considerando os direitos trabalhistas que a esses profissionais competem. Chega de hipocrisia! Substituamos a máscara e o discurso falacioso por uma ação que se constitua em respeito, de fato!

Dilma anuncia tratamento contra câncer, mas deveria mesmo era curar-se do PT

Foto: Revista Época

Esta é Dilma Vana Rousseff Linhares, 62 anos incompletos. É economista e 1ª mulher a ser nomeada Ministra-Chefe da Casa Civil, cargo que exerce desde 21 de junho de 2005. Atualmente, é o nome mais cotado, apoiado pelo atual governo, para concorrer à Presidência, em 2010. Contudo, hoje, a mãe do PAC anunciou que está em tratamento contra um câncer linfático: disse ter retirado um linfoma na axila esquerda e afirmou que fará quimioterapia.

Por outro lado, noticiários informam que, sem se preocupar com a saúde da ministra, já há quem apenas pense - dentro do Partido dos Trabalhadores - sobre a substituição da, agora, combalida colega Dilma. Buchichos também ecoam de outras correntes petistas que acham que a doença se encarregará de tornar a Ministra-Chefe, junto à opinião pública, uma figura mais dócil, afável e carismática. (Aqui pra nós: Ô "partidozinho" miserável!)

Sport Tetra Libertadores Club do Recife

Foto: Adriano Frazão

Dispensa comentários!

terça-feira, 21 de abril de 2009

Amor é fogo que arde sem se ver

Foto: Pé de meia

Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar-se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?

PS.: Dedico este soneto renascentista, do escritor português Luís Vaz de Camões, a todos os meus alunos apaixonados por Literatura - amantes e amáveis vidrados na boa poesia.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Milonga no Supremo Tribunal Federal

video


Acompanhei pelo Jornal da Globo a contenda entre Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa - ambos ministros da Corte máxima desse país. Mendes e Barbosa trocaram elogios, utilizaram-se de pronomes de tratamento, de locuções adjetivas e falaram de "amenidades". O Presidente do Supremo Tribunal Federal, com aquela língua presa, com aquele olhar morto... repelia a metralhadora giratória do negro ministro.


Barbosa era enfático:


- Vossa excelência não está na rua não, vossa excelência está na mídia, destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro. É isso!


Confira o vídeo!


domingo, 19 de abril de 2009

Rapidinhas (pseudo)internacionais

Só para contrariar

Foto: Reuters

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, quando em campanha, apresentava 5 dedos para falar de 5 propostas fundamentais e básicas que, ao eleger-se implementaria em seu governo. Entretanto, só por pirraça e para fazer gracinha, nosso compadre Lula, acenando para jornalistas na cidade de Port of Spain, mostrou - propositadamente - 4 dedinhos. Parlamentares lulistas dizem, à boca miúda, que se trata apenas de um aceno ao Congresso com teor de "humilde" pedido: que senadores e deputados votem lei que dê a ele só mais 4 aninhos.

Ainda sobre Lulinha...

Foto: Reuters

O presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva quebrou o protocolo e, em plena Cúpula Latino Americana - bem diante das lentes dos fotógrafos - limpou o nariz de Chávez. Dizem que o venezuelano Hugo Rafael Chávez Frías vai retrucar na mesma moeda: presenteará nosso mandatário com uma caixa de contonetes, quando em visita próxima do ex-bóia fria a Caracas.

Fisco estado-unidense

Foto: AFP

O piloto brasileiro Hélio Castroneves foi inocentado pela Justiça Federal Americana das acusações de sonegação de impostos, evasão de divisas e formação de quadrilha. Castroneves era acusado de sonegar impostos relativos a US$ 5,5 milhões (cerca de R$ 11 milhões) da equipe Penske, e mais cerca de US$ 2,3 milhões (o equivalente a R$ 5 milhões) de patrocínios da empresa brasileira Coimex, conforme informações da Gazeta do Povo.

"O que o ´grafite` risca ninguém trisca"

Foto: AFP

Grafite (do italiano graffiti, plural de graffito) é o nome dado às inscrições feitas em paredes, desde o Império Romano. Mas na Alemanha é a alcunha de um brasileiro que anda se destacando na Bundesliga. O atacante que anda fazendo malabarismo e dando golpes de karatê é um dos destaques do Wolfsburg e do Campeonato Alemão, sendo o artilheiro do torneio com 22 gols. Grafite, ex-Santa, ex-São Paulo e ex-Grêmio ainda foi eleito o jogador do mês de março.

Programa Travessia 2007/2009 - Retrospectiva

Fotos: Marcelo De Marco


Confira aqui alguns registros do Programa Travessia da Escola Estadual Guiomar Krause Gonçalves. De alunos fazendo mutirão para pintar a telessala à campanha para arrecadação de livros, brinquedos e alimentos - o De repente Travessia. Veja também imagens da formatura ocorrida no último dia 17.


Kamassutra: Roseana explica como pegou o Maranhão e o que fará dele agora


A revista VEJA informa: o clã Sarney manda e desmanda no Maranhão há 50 anos. Roseana Sarney Murad, herdeira da mais antiga oligarquia política vigente no país, assumiu o governo do estado pela terceira vez. Ela não voltou ao poder nos braços do povo, mas por determinação da Justiça. O Tribunal Superior Eleitoral entendeu que Jackson Lago, que ocupava o cargo de governador, cometeu inúmeros abusos durante a campanha eleitoral de 2006 e cassou-lhe o mandato. Roseana ficou com a vaga porque foi a segunda colocada na eleição. Depois de tomar posse, prometeu cortar gastos, moralizar a administração pública e trabalhar duro para melhorar a vida das pessoas.

Falando em trabalhar duro, é possível ver nesta foto de Roberto Stuckert Filho, da Agência O Globo, a legatária de Sarney mostrando como pegou o Maranhão. Para Roseana, o estado requer cuidados especiais. Entretanto, isso não é problema. Conforme descobri, junto a interlocutores – da agora governadora, ela tomará algumas posições na sua relação com a máquina. Para Roseana Murad, que renunciou ao mandato de senadora da república para assumir o Palácio dos Leões, o Maranhão é grande..., é enooorme, mas com “jeitinho” tudo se encaixará, entrando definitivamente no eixo, ganhando musculatura duradoura e sustentável, e não artificial como vinha ocorrendo – garantiu uma assessora, eufórica com o iminente crescimento do Maranhão.

sábado, 18 de abril de 2009

Presidente Lugo, um arcebispo do Paraguai!

Foto: Reuters

Fiquei surpreso com a declaração do católico arcebispo, presidente paraguaio Fernando Lugo, quando admitiu a paternidade de um menino de quase 2 anos. Imediatamente, procurei entrar em contato – sem sucesso, diga-se de passagem – com amigos da Paróquia de Santo Antão para entender melhor o ocorrido, para compreender mais claramente esse fato tão assim... inédito.

Lugo, depois que venceu as eleições para assumir o trono em Assunção está sem papas na língua e não faz mais rodeios. Declarou ser mesmo o pai da criança Guillermo Armindo Carrillo Cañete, um menino, fruto de pura glutonomia e de clara comilança em uma festa onde o banquete fora a jovem Viviana Carrillo.

O ex-bispo, seguidor da teologia marxista da libertação, admitiu a relação com a jovem – que ao ajoelhar, tadinha, não escapou à doutrina do santo padre e teve que rezar. Lugo e Viviana se conheceram quando ele era Bispo de São Pedro e ela tinha 16 aninhos de idade. O engraçado é que a avó materna do menino, nascido em maio de 2007, jurava ser o neto filho do Espírito Santo.

(Aqui pra nós: suspeitei tratar-se da união federativa – localizada no Sudeste do Brasil! Enganei-me!)

Bem, mas falando sério... conversei a pouco com autoridades chegadas à Cúpula do Vaticano, que foram cabais:

“Não tem pra onde, Macaco De Marco, GUILLERMO ARMINDO CARRILLO CAÑETE e VIVIANA CARRILO – a seduzida por FERNANDO LUGO, serão mesmo, pelo Arcebispo de Recife e Olinda, excomungados!”

Sim..., antes que eu esqueça: a Igreja Católica Apostólica Romana, zelosa como sempre, já pediu novos e recentes pedidos de desculpas! Resta-me dar-lhe os parabéns por tratar com tanta seriedade este caso de puro vacilo deste santo do "pau oco", que de oco – pelo que fez à incauta abiscoitada, não tem nada!

Contido, Obama pensa consigo: "essa alma quer reza!"

Foto: AP

CHÁVEZ, o fanfarrão, cumprimentou OBAMA, em um sinal de melhora das relações entre os países-membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Mas na verdade, o líder de esquerda estava - como diz o matuto: "LANÇANDO O AIVO".

EXPLICO:
É que a VENEZUELA anda cambaleando, com a economia mal das pernas, e os ESTADOS UNIDOS DAS AMÉRICAS é o maior e principal cliente dos venezuelanos - quando o assunto é petróleo.

HUGUINHO, como é carinhosamente chamado por LULA, foi logo presenteando o colega BARACK - na Cúpula das Américas, que reúne, desde sexta-feira, líderes latinos na pacata cidade de Port of Spain, capital de Trinidad e Tobago.

O mimo era um exemplar em espanhol do livro "As veias abertas da América Latina", do uruguaio Eduardo Galeano, que denuncia a exploração do continente por empresas capitalistas.

Como dedicatória, CHÁVEZ escreveu:

"PARA OBAMA, COM AFETO".

Humm! É muito leso, esse menino!

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Bandeira é o homenageado, Tezza, Hatoum e Chico Buarque confirmaram presença


FLIP 2009 tem data e autor homenageado

A 7ª edição da FLIP já tem data para acontecer. A Festa começa no dia 1º de julho, quarta-feira, e vai até domingo, 5 de julho. A FLIP homenageia o poeta pernambucano Manuel Bandeira (1886-1968).

Cristovão Tezza confirmado

Escritor e professor, Cristovão Tezza (1952, Lages, Santa Catarina) é autor do elogiado romance O filho eterno (2007). Inspirado no relacionamento do autor com um de seus filhos, que tem síndrome de Down, o livro venceu a grande maioria dos prêmios literários brasileiros entre 2007 e 2008, como o da APCA e da revista Bravo!, o Jabuti, o Portugal Telecom e o Prêmio São Paulo de Literatura. Colaborador da Folha de S.Paulo e da revista Veja, tornou-se conhecido em 1988 com a publicação de Trapo, sobre um poeta suicida. Atualmente, Tezza dá aulas na Universidade Federal do Paraná e trabalha em um romance inédito.

Milton Hatoum divide mesa com Chico Buarque

Um dos nomes mais destacados da literatura brasileira contemporânea, Milton Hatoum (1952) chamou atenção da crítica em 1989, com a publicação de seu romance de estreia, Relato de um certo Oriente. Nascido em Manaus, costuma discutir, em seus relatos, as contradições da região e as implicações psicológicas da identidade fragmentada de seus personagens. Estas questões estão presentes em Dois irmãos (2000), vencedor do Prêmio Jabuti. Em 2006, o autor recebeu o Portugal Telecom pelo romance Cinzas do Norte. Recentemente, Hatoum publicou seu primeiro livro de contos, A cidade ilhada (2009).

Dawkins na FLIP

O biólogo Richard Dawkins (1941, Nairobi, Quênia) é considerado o principal evolucionista em atividade e foi responsável por clássicas contribuições à teoria da seleção natural, como O gene egoísta (1976) e O fenótipo estendido (1982). Reconhecido pelo esforço de difundir o conhecimento científico para o público não especializado, costuma travar polêmicos debates com representantes da comunidade religiosa. Defensor do ateísmo, lançou em 2006 o best-seller Deus, um delírio.

Alex Ross integra a seleção de convidados da FLIP

Crítico musical da New Yorker desde 1996, Ross escreve sobre música erudita. De postura nada elitista, é famoso pelo esforço de divulgar a música clássica entre principiantes e pelo interesse em compositores pop, como Radiohead e Björk. Seu primeiro livro, O Resto é Ruído (2007), venceu diversos prêmios, além de ter sido finalista do Pulitzer e figurado entre os 10 melhores de 2007 pelo New York Times. No ano passado, Ross foi um dos vencedores do prêmio da MacArthur Foundation, conhecido como “Genius Awards” nos Estados Unidos.

Os dados são do sítio eletrônico da 7ª Festa Literária Internacional de Paraty, Rio de Janeiro.

Alunos saboreiam o munganguento Lenine em degustação à "la carte", apenas por prazer


Fotos: Marcelo De Marco

Sou um admirador de Lenine. Ele é o meu Abaporu. O que ele faz com a Língua é malabarismo em entrelinhas, é coisa de acrobata da palavra, é munganga de poeta de verve e alma ritmadas. Seus solfejos antropofágicos, suas intertextualidades fazem, neste cenário de contemporaneidades como eguinha pocotó, um contraponto. Sua poesia estabelece-se como ponto de convergência com a proposição Oswaldiana de deglutir e de mastigar tendências várias sem se perder na labirintite daquilo que não é atual, ainda que moderno.

Para Lenine, a degustação de palavras deve ser estimulada pelo prazer. Entretanto, incutir isso em jovens que padecem de sedentarismo cultural é tarefa hercúlea. Não é fácil! Mas, quando se tem a alegria e a fortuita sorte da convivência com cabeças dispostas ao novo, tudo por si facilita-se. É o caso de alunos (meus) do 3º ano do ensino médio do Colégio e Curso Projeção. Nas imagens é possível vê-los, em aula de Literatura, debulhando poesia, “descosturando” formas, situacionando, inferindo, alimentando-se – de palavras: granjeando um montepio.

Lenine em Vitória, Carnaval das Alegorias 2009

video


Assista ao vídeo em que Lenine, em plena Praça Duque de Caxias – em Vitória de Santo Antão, canta Jack Soul brasileiro – obra típica da disposição em poder relacionar-se com espectros artístico-culturais múltiplos.

Adoro essa possibilidade de poesia que se metamorfoseia! Confira!

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Adriane Galinhaisteu cai no conto do vigarista e do vigário e vira maria-vai-com-as-outras

Revista Caras... Caras de Pau

Zombeteiro, o casseta Hélio de la Peña denunciou em seu blog a farra das passagens de avião. É que deram muita asa ao deputado federal Fábio Faria (PMN-RN), a ponto de ele, trocando as bolas, utilizar verba destinada à locomoção parlamentar com a finalidade de custear bilhetes de sua – à época – sempre-viva, loira, dada e namoradeira Adriane “Galinhaisteu”.

Useiro e vezeiro em utilizar a cota de passagens aérea a que tem direito para pagar viagens de artistas, o deputado norte-rio-grandense “bancou” – além dos passeios de “Galinhaisteu” – voltas e idas dos atores Kayky Brito, Sthefany Brito e Samara Felippo. Tudinho com o erário da Câmara!

Indagada sobre a linda história de surrupiação de nosso dinheiro, Adriane disse estar “longe de ser uma mulher ingênua”, mas admitiu ser difícil saber a procedência de um presente. Ela ainda afirmou que não pretende mais namorar outra pessoa do meio político: “Estou muito bem no meu mundinho”.

Matutando aqui com meus botões, curioso – como de praxe – quis saber a que “mundinho” a viajada apresentadora se referia. “Galinhaisteu” (alcunha dada pelo falecido piadista Espanta), já foi de tudo nesse mundo: de maria gasolina (Ayrton Senna) à maria chuteira (jogador Roger), caiu, também, direitinho no conto do vigarista e do vigário.

Coleciona agora mais um adjetivo: é maria-vai-com-as-outras.

Morales - que já usou chapéu de pão, agora faz greve de fome e brinca de autocrata

Foto: Reuters

Ceninha ridícula, essa – a do presidente Evo Morales. Já não bastasse suas medidas populistas, agora vem esse boliviano trotskista, acostumado a bravatas, chamar a atenção só para promover o desejo de, como o seu vizinho de Caracas – o inveterado Hugo Chaves, perenizar-se no comando das ações de seu país.

Faça o favor! Ao realizar greve de fome, esse arremedo de imperialista traz à baila um estilo pouco democrático de fazer política que, infelizmente, já virou moda neste torrão latino – tão instável. Tudo para compelir o Congresso a aprovar nova lei eleitoral que preveja a realização de eleições antecipadas. Tudo para, de La Paz, continuar dando as ordens no terreiro.

Este jeito feio de fazer política constrange e não passa de diversionismo próprio de mentalidades apequenadas, que não dispõem de argumentos para suplantar idiossincrasias igualmente vazias, esgotadas, senis. É, pois, um estilo que exsuda ideologia marxista retrógrada e falida, passível de imediata recauchutagem, para não dizer “intensa retificação”.

Já pensou se todos nós esperneássemos todas as vezes em que quiséssemos algo? Obrigássemos os outros a aceitarem, a qualquer custo, aquilo que desejamos – só e apenas por pura vaidade? Encurralássemos, impondo aquilo que pretendemos – só por que achamos que é a mais absoluta e excelente certeza dos fatos?! Não, não. Isso não é democracia, isso não é direito.

Por mim, esse índio cocaleiro de uma figa morre sem pão e sem água – aos poucos, devagarinho e à míngua, do jeitinho que ele – bem no fundo – não quer e não deseja: que é morrer de fome.

Em formação, professores do Programa Travessia conhecem complexo de Suape


Fotos: Marcelo De Marco


Estas imagens são um pequeno registro da 1ª Formação de Professores do Programa Travessia (2ª turma) em uma parceria entre o Governo do Estado e a Fundação Roberto Marinho. A atividade integradora, que ocorreu entre os dias 15 e 20 de março, deu ênfase ao caráter interdisciplinar do projeto que tem como finalidade a promoção de um ensino inclusivo.


A Formação do Programa Travessia foi realizada no Hotel Canariu`s D`Gaibu, no município do Cabo de Santo Agostinho - região litorânea do Estado, o que possibilitou a realização de uma aula passeio até o Complexo Industrial Portuário de Suape e à Vila de Nazaré (um tipo Porto Seguro (BA) oficiosa), ensejando prática pedagógica muita defendida pelo educador francês Celestin Freinet.


O que descobrimos?


O Cabo de Santo Agostinho foi descoberto oficialmente pelo navegador Américo Vespúcio, a serviço da Coroa Portuguesa em 28 de agosto de 1501, mas existe também a versão do descobrimento do Brasil, pelo navegador Vicente Yañez Pinzón, em 26 de janeiro de 1500, que batizou a localidade de Santa Maria de La Consolación.


Informações geológicas “preciosíssimas”


Os rochedos que formam a extremidade do Cabo marcam o ponto final de ruptura dos Continentes Americano (fração sul americana) e Africano. A separação ocorreu a 100 milhões de anos, no período Cretáceo inferior, segundo a teoria da evolução dos continentes (Deriva Continental), referida pelo pesquisador alemão Wegener em 1912.


Os continentes do hemisfério sul formavam uma única e imensa massa continental. Denominada Gondwana. Com a queda do Continente, surgiram duas placas. De acordo com o geólogo Cláudio de Castro, professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o Cabo de Santo Agostinho é um marco geológico mundial por ser uma espécie de dobradiça.


quarta-feira, 8 de abril de 2009

VÍDEO: Do "piscinão da bosta", mototaxista reclama e pede clemência às "autoridades"

video


Confira o vídeo em que o mototaxista Valmir solicita, do poder público, medida urgente para amenizar o sofrimento dos moradores do entorno do Beco do Borges.


Posicione-se! Deixe você também, aqui, o seu comentário - repudiando esse descaso!


"Piscinão da merda", no Beco do Borges: ninguém fala, também ninguém respira

Assista ao vídeo e conheça os atrativos desse lindo balneário!


video

Imagens amadoras de minha lente Carl Zeiss


Fui socorrido às pressas

Imagem de computação gráfica

Não sei por que razão o médico me encaminhou à sala de Raio-X.

Preocupado, o técnico de radiologia disse:
– Por favor, senhor, abra os braços! Inspire! Expire!

Plact! Plact! Plact!

Minutos depois...

– Senhor, seu problema é uma rubro-negrice aguda e incurável. Melhor não mexer com isso. Melhor não contrariar o coração.

Biu Doido

Foto: Divulgação

Recebi essa do poeta Jorge Filó:

Quem nunca ouviu falar em Biu Doido?! Figura folclórica e bastante conhecida de São Jose do Egito. Biu, não era só engraçado, era um gênio de respostas curtas e definitivas. Tanto que os senhores de mais conhecimento de São Zé, faziam questão de indagar Biu, pra ter o privilégio de ouvi-lo numa resposta que desconsertava a pergunta.

Como ele mesmo dizia, Biu não era doido o ano todo, ele era doido todo ano. No período do inverno ele tomava conta de sua roça, numa terra que tinha na zona rural. Ficava uns seis meses sem ir à cidade. Mas quando ia... hum! Certa vez ele tava oferecendo uma terra pra vender a alguns comerciantes na feira, quando um deles perguntou:
– A terra lá é grande Biu?
– Prus lado num é muito não, mas pra baixo, tudo que tiver lá é meu!

Em outra ocasião, pedia sementes de algodão ao dono de um armazém para o plantio, quando este lhe perguntou se a terra era nova, se tinha sido arada, renovada:
– E a terra Biu, é nova?
– É da idade das outras que tão lá.

Mestre Biu Doido, dono de tantas histórias, já é falecido, morreu com mais de setenta anos em São Zé, suas proezas estarão sempre na lembrança daqueles que conviveram com ele, sendo repassadas às futuras gerações. Ou seja, não há de morrer nunca!

E você, conhece algum sujeito desses, de alma singular? Conte a sua história! Quem é o "seu Biu Doido"? Viva a memória!

terça-feira, 7 de abril de 2009

Balneário do Borges: mototaxistas "no sol e na merda", li-te-ral-men-te! (palavras deles)


Fotos: Marcelo De Marco

Onde? Beco do Borges, entre os bairros da Bela Vista e Alto José Leal. (Um dos cartões-postais de Vitória de Santo Antão - PE!).
Nome do quadro: As imagens, por si, falam.
Duração: aproximadamente 2 meses de transtornos.
Moradores: muriçocas, baratas, ratos, tapurus e um bicho chamado homem. Reclamações? Poucas!
Saída? Nenhuma, até agora.

A população se cala. É covarde. E, receosa, diz ter medo de represálias.

Então eu resolvi fazer um abaixo-assinado onde eu assim assino-me:
Acho é pouco!

Cotidiano

Esta é Gisele. Gisele Bundchen posando nua para a revista Vanity Fair Maio. Sensual, deu entrevista, falou sobre casamento, falou sobre Tom Brady - seu marido, sujeito sempre de bom humor. Também... só podia! Esta é a imagem que Brady vê todas as manhãs quando acorda.

E eu aqui... querendo ser, quem sabe, o travesseiro!

Rapidinhas municipais

Concursados de Aglaílson tomam posse

Estátua que personifica a Justiça, obra do escultor
Alfredo Ceschiatti, em granito de Petrópolis e pedra monolítica

Os concursados que passaram fora das vagas – convocados de última hora por Demétrius (PSB) – finalmente tomaram posse e, é bom que se diga, já receberam a remuneração correspondente aos meses que não trabalharam (janeiro, fevereiro e março), embora muitos outros funcionários ainda estejam com os seus vencimentos em atraso, como é o caso dos vigilantes.

Tudo isto se deu porque existiu, por parte do poder executivo municipal, clara inobservância ao direito. Faltou, portanto, respaldo jurídico para aquilo que alguns – partidários do “VERMELHO”, inclusive – chamaram de caça às bruxas, perseguição, ditadura. Elias Alves de Lira foi compelido a repatriar funcionários, por ele antes, exonerados.

Repatriados comemoram

Romildo Jorge dos Santos, 11º colocado num concurso que ofereceu 4 vagas para Geografia, foi um deles. Para o professor, o prefeito jamais deveria ter embargado o ingresso dos concursados. O recebimento pelos meses não trabalhados representou, na visão dele, um direito, ao mesmo tempo em que revelou total falta de planejamento do governo “AMARELO”.

Já a professora Beatriz Cássia da Silva, 18º lugar num certame que disponibilizava apenas 5 vagas para Língua Inglesa, entrou em contato – através de e-mail – para cobrar deste BLOG a divulgação da repatriação – por meio de medida judicial – dos demitidos pelo Governo Elias. De acordo com a docente, os concursados despedidos apenas assumiram as lacunas deixadas por eles mesmos.

E por falar nisso...

Aproveito para informar que já está sendo agendada uma conversa com o Secretário de Administração, Edmo Neves. Na pauta: + recadastramento de pessoal; + IPTU; + prioridades neste 1º ano de governo; + auditoria que apontou prejuízo de aproximadamente R$ 30 milhões aos cofres da Prefeitura; + quantitativo de funcionários contratados em regime pro tempore com o respectivo custo ao erário; + e resumo dos primeiros 100 dias de governo.

Quer propor uma pauta? Quer sugerir? Então faça a sua pergunta que a repassaremos. Comente! Exerça a sua cidadania! Participe!

Paixão de todos os vitorienses

Banner de divulgação

Terá início hoje, às 20h, a Paixão de Todos. A dramatização da morte e ressureição de Cristo em Vitória de Santo Antão tem o apoio do Governo do Estado, através da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco - Fundarpe. O evento é uma promoção das companhias de teatro Belarte, Dominus, Grutemat, Grutevila, Oficina de Cristo e Vid`Arte que se mobilizaram, em parceria com a Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte, para a realização do evento.

Conforme publicado no sítio eletrônico feito especialmente para o espetáculo, a apresentação reúne técnicos, produtores e figurantes do munícipio de Vitória de Santo Antão - em duas exibições: hoje (terça-feira 07 de abril) e amanhã, no entorno da praça da Matriz, que terá cenários, som, iluminação e figurinos especialmente montados para a encenação. Vale dizer que a Fundarpe incluiu a PAIXÃO POR VITÓRIA no roteiro “Pernambuco das Paixões".

Clique aqui para maiores informações!

domingo, 5 de abril de 2009

Teria, porventura, o nosso Sherlock Lula Holmes da Silva referido-se a Obama?

Lula descobre a verdadeira face de Barack Hussein Obama,
que se travestiu de negro para vencer na corrida à Casa Branca

O Supremo Tribunal Federal recebeu, pedido de Interpelação Judicial contra o Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva pela declaração feita à imprensa de que a atual crise econômica mundial é “fomentada por comportamentos irracionais de gente branca, de olhos azuis, que antes da crise pareciam que sabiam tudo, e que agora demonstra não saber nada (sic)”.

A afirmação foi feita durante a recente visita do primeiro-ministro inglês, Gordon Brown. Segundo o sítio eletrônico do STF, o autor da ação, Clóvis Victorio Mezzomo, 69 anos, ítalo-descendente, alega ter se sentido pessoalmente ofendido pela declaração e pede que Lulinha Paz e Amor seja notificado a apresentar suas explicações para a alegação de que a causa da crise mundial repousa em razões genéticas (ou seja, uma raça ou etnia portadora de genes recessivos é culpada pela crise internacional, mais especificamente a “gente branca, de olhos azuis”).

Clóvis Mezzomo explica que é brasileiro de ascendência italiana, com pele de tez extremamente alva e olhos verdes. Diz ainda que nasceu em Caxias do Sul (RS) (hummm!), foi criado em Estância Velha (possivelmente, com a avó!), também em terras gaúchas, e trabalhou desde a infância cercado por homens e mulheres de “pele branca e olhos azuis”, os quais, “juntamente com europeus ibéricos, negros e índios muito fizeram pela prosperidade e progresso da região”.

Embora gente por essas terras brasílicas tenha se sentido ofendida, para acabar com as especulações de que Lula estava fazendo uma referência ácida e direta a Gordon Brown ou a Barack Hussein Obama, quando falou em “branco e de olhos azuis”, foi que o mandatário ianque se antecipou na cúpula do G-20 para elogiar o ex-sindicalista, ao dizer: Esse é o cara! No entanto, especialistas em política internacional afirmam que o afago não foi gratuito. A lorota de Obama não passou de “migué” para despistar seu desapontamento com os impropérios do camarada Lula.

Agora..., quanto às frases do querido conterrâneo, até concordo que o caro e prezadíssimo compadre Lulinha muitas vezes excede e dá umas fora, como essa mais insólita e recente de puríssimo preconceito às avessas. Mas é de lascar, viu! O tal do gaúcho tem uns “pantinhos”... sei não! É melhor ficar quieto para não ser processado também.

Chico e o seu Leite Derramado

Foto: Lourival Ribeiro/AgNews

Chico Buarque é um dos meus poetas-cantores favoritos. Entretanto, o que tenho a falar dele agora foge ao campo das metáforas de suas canções. Venho dizer mesmo é sobre o seu romance que chega às livrarias: Leite Derramado (Companhia das Letras). O cantor, compositor e escritor carioca, 64, apresenta - pelo que li em resenhas - um enredo em que um idoso centenário agoniza no leito de um hospital. Do ponto de vista estilístico, a prosa de Chico evoca, conforme publicado pelo sítio eletrônico da Folha de São Paulo, características da narrativa machadiana. O diálogo com o “bruxo do Cosme Velho” foi observado pelo crítico Roberto Schwarz e pelo economista e escritor Eduardo Giannetti, que resenharam a obra a convite da Ilustrada. Faço aqui, portanto, uma sugestão: em se tratando de Francisco Buarque de Holanda, leiam! Embora confesse... eu mesmo não o ter lido ainda.

Clique aqui para maiores informações!

Metaleiros vitorienses na Alemanha?

Capa do CD da Obscurity Tears

Tem início hoje a seletiva “W:O:A Metal Battle-Brasil 2009”, e a banda vitoriense Obscurity Tears, de estilo doom death metal, integra as 5 bandas pernambucanas escolhidas. As classificadas farão apresentação de shows com 30 minutos de duração, tocando material estritamente autoral. A avaliação das apresentações das concorrentes é feita por um corpo de jurados indicados pela conceituada Revista Roadie Crew. Com novo álbum – My Chemical State – a Obscurity Tears enxerga a oportunidade de mostrar um trabalho que privilegia singularidade e performance. A final nacional, que será realizada no dia 24 de maio no Rio de Janeiro, contará com as bandas vencedoras de cada seletiva regional. A banda vencedora da final da etapa nacional terá como premiação o direito de representar o Brasil no “W:O:A Metal Battle”, durante o festival “Wacken Open Air”, edição 2009, na cidade de Wacken, na Alemanha.

“Delega” responsabiliza mãe da menina estuprada. Cadê a imprensa???

Foto: Divulgação

A grande imprensa pouca cobertura deu ao indiciamento da mãe da menina pernambucana estuprada pelo padrasto. Mas já deveríamos estar acostumados. Essa imprensa MARROM é assim mesmo: sensacionalista, desatinada, irresponsável. Diferentemente do delegado Antônio Dutra, titular da cidade de Alagoinha, município no Agreste pernambucano – onde o crime ocorreu. De acordo com ele, a decisão de indiciar a mãe da garota não classifica a mulher como coautora dos abusos. Mas, na avaliação de Dutra, a mulher, de 39 anos, poderia ter evitado a continuidade do crime e a consequente gravidez da filha. O crime de omissão está previsto no Artigo 13 do Código Penal Brasileiro. Conforme dados do Último Segundo, o delegado Dutra afirma ter faltado à mãe responsabilidade e zelo pelas filhas, uma vez que ela diz que cuidava pessoalmente da higiene das crianças, acompanhando inclusive o dia a dia. “Como não notar o estupro e a gravidez numa situação como essa?”, questiona o diligente “delega”.

"Parada" gay: Maradona versus Pelé

Nesta foto da AP, Maradona – o Sidney Magal portenho

Depois de ter afirmado que Pelé estreou sexualmente com um garoto – insinuando que o Rei era “menina” e que perdera a virgindade de modo pouco clássico e tradicional – o controvertido técnico da seleção alvi-celeste Armando “Dieguito” Maradona recebeu o troco.

Não é que Edson Arantes do Nascimento tenha retrucado, – enteeende?!. Eu até desconfio do silêncio, travestido de elegância, do Atleta do Século XX, que não afirmou se à ocasião da experiência tinha sido ativo ou passivo. Bem... mas isto só o garoto e Pelé poderão dizer.

O que interessa mesmo é contar sobre o meu contentamento: estou felicíssimo com o selecionado de nosso vizinho boliviano – o cocaleiro Evo Morales – que, como em jogo de dominó, de “buchuda”, “encaçapou” sem dó nem piedade em los muchachos hermanos argentinos, vencendo (6 x 1) quase que de “bunda limpa”.

Embora Dom Diego tenha culpado a altitude de La Paz pela falta de fôlego e pelo subsequente desempenho de seus garotos, desconfio mesmo é dos efeitos provocados pelas enfiadas! – Porque... aff!, seeeis... camarada!, não tem quem aguente! Mesmo quem já seja acostumado a tais adversidades e ainda que este alguém seja argentino!

sábado, 4 de abril de 2009

Lula na reunião do G20, em Londres: bicado, o ex-metalúrgico não dizia coisa com coisa

Foto: Reuters

Luiz Inácio debocha: "chique emprestar ao FMI".

O que se fala aos quatro ventos é que Lula vai mesmo emprestar ao Fundo Monetário Internacional (FMI). Até já se sabe o valor: a vultosa quantia de US$ 10 bilhões sairá do mealheiro tupiniquim a fim de recuperar, dentro do esforço global, economias afetadas pela famigerada crise. O montante representa, porém, 5% do total das reservas brasileiras, hoje em US$ 202 bilhões – uma verdadeira migalha perto do bolo internacional de US$ 1,1 trilhão.

Bêbado e pabuloso!

A decisão de emprestar ao FMI dará, de acordo com especialistas, mais peso ao governo Lula nos foros internacionais. Contudo, fontes ligadas ao presidente informaram que tudo não passou de parolagem de Luiz Inácio. Na verdade, Lula estava mesmo bicado. Havia tomado todas, inclusive os 2 tubos de aguardente de cabeça batizada – regalo que recebera das mãos do democrata Elias Lira quando em visita ao parque industrial da Sadia, em Vitória.

Para Toinho de Passira existem vários tipos de bêbados: os que ficam valentes, os que ficam cantando todas as mulheres do bar e os que viram gays e atacam os amigos. Mas Lula – o nosso presidente é o tipo de bêbado pabuloso, e quando se mete a falar asneiras é capaz até de engasgar a sua própria comitiva. Ao ouvir tamanha baboseira, Mantega e Meirelles – conforme aquilo que assegurou Toinho (correspondente do Passira News) – entreolharam-se com aquela expressão de desastre: o chamado olhar PQP.

Na charge de Dálcio, do Correio Popular, de São Paulo, evidencia-se ainda mais as fortes suspeitas de que o nosso querido presidente estava mesmo pra lá de Bagdá!

Depois daquela "branco e de olhos azuis" e do "rolão de 3 kg"... sei não, viu! É melhor buscar ajuda em alguma irmandade a fim de compartilhar experiências, forças e esperanças, com a finalidade de resolver um sério problema: o alcoolismo, companheiro!


Parceria público-privada entre Prefeitura e Posto Cidade traz rampa de motocross

Fotos: Marcelo De Marco

Em parceria público-privada (PPP) inédita a Prefeitura de Vitória de Santo Antão e o Posto Cidade (bandeira DISLUB) constroem, em plena Av. Mariana Amália, rampa com a finalidade de enriquecer ainda mais o desporto da motovelocidade no município das Tabocas. O Posto Cidade incumbiu-se da execução da obra, mas preferiu não informar valores. Já a Prefeitura do Sr. Elias Alves de Lira (DEM), através da Secretaria de Obras, entra para a história por conceder licença para a construção do 1º circuito ao ar livre de motocross em nossa cidade.

Freestyle, para mototaxista nenhum botar defeito

Na verdade, a modalidade do motocross a ser beneficiada com a construção da rampa é o freestyle motocross (FMX), desporto relativamente novo – o que evidencia ainda mais o caráter de vanguarda e o ineditismo da medida na Terra do Rolão de Mortadela e da Cachaça. Não se trata de corrida. Tem a ver, apenas, em executar manobras acrobáticas enquanto salta de moto de motocross. O vencedor é escolhido por juízes que avaliam o estilo e performance dos pilotos, o nível de dificuldade da manobra, melhor uso do percurso e reação dos expectadores.

Rampa é aprovada, com ressalvas, no teste do Inmetro: pedestre
usa contrapeso para se equilibrar. Faltam ainda as chamadas
ranhuras (groove) para dar mais aderência nos períodos de chuva

As competições de motocross são geralmente realizadas em pistas fechadas com distâncias que podem chegar a 1,5 Km. Essas vias incorporam, muitas vezes, características naturais do terreno com quantidades variadas de saltos, costelas e curvas. Entretanto, sentido a necessidade de um terreno mais favorável para a prática desse esporte, é que a direção do Posto Cidade teve a feliz iniciativa de construir a rampa – em concreto – que, aqui para nós, proporcionará um espetáculo à parte de imagens. Possibilitando ao expectador visualizar o esforço dos pilotos em ultrapassar seus limites.

Pista de freestyle recebe últimos retoques. Ainda não
foi confirmada a presença de Lula à festa de inauguração

Realmente, é de tirar o chapéu! Está ficando uma coisa linda! Dá gosto de se ver! Segundo mototaxistas de plantão que fazem ponto no próprio Posto Cidade, que não quiseram se identificar apenas por razões de puro e mero anonimato, a ideia é de dar mais propulsão à motocicleta no momento em que elas forem chegando para abastecer ou até mesmo estacionar. De fato, não se pode negar que é o empresariado de Vitória pensando GRANDE em conjunto com o Governo de Todos (DEM-PR), proporcionando, portanto, opções de lazer a um tipo de público chegado à adrenalina que só esse esporte radical provoca.

É coisa mesmo de primeiríssimo mundo! Capa de revista! Viva Vitória!

quinta-feira, 2 de abril de 2009

A elite branca loira brasileira versus a preta pobre puta da Daspu!

Foto: Divulgação
Biografia ou ficha corrida?

Esta é a fabulosíssima Eliana Piva de Albuquerque Tranchesi. Nasceu em 1956. É empresária do ramo fashion. Especializada em grifes internacionais. Trouxe para o Brasil lojas do porte de Dolce & Gabbana, Giorgio Armani, Louis Vuitton, Christian Dior e Prada.

Hoje, é proprietária de um shopping especializado em marcas internacionais em São Paulo, a chamada "Villa Daslu", ou simplesmente "Daslu", representante da alta sociedade brasileira.

Filha de Lúcia Piva, fundadora da Daslu, foi casada com o médico Bernardino Tranchesi. Tem três filhos: Bernardo, Luciana e Marcela.

Segundo a enciclopédia livre Wikipédia, Em 2006, revelou que havia retirado um tumor do pulmão e que estava se submetendo a sessões de quimioterapia e radioterapia.

Em 13 de julho de 2005, o Ministério Público, a Receita Federal e a Polícia Federal moveram a Operação Narciso, resultando na prisão de Eliana e de seu irmão, Antonio Carlos Piva de Albuquerque. Porem, Eliana foi liberada, logo depois de prestar depoimento.

Em abril de 2008, o Ministério Público Federal em Guarulhos pediu a condenação de Tranchesi e de mais 6 envolvidos no suposto esquema de importações fraudulentas.

Em 26 de março deste ano, a Justiça brasileira condenou-a à pena máxima de 94,5 anos de prisão. Os outros 6 réus foram condenados. Ambos foram acusados de formação de quadrilha, falsidade ideológica e descaminho tentado e consumado – importar ou exportar mercadoria lícita sem os devidos pagamentos de impostos.

A Justiça considerou ainda o grupo "uma quadrilha que cometeu crimes financeiros de forma habitual e recorrente, mesmo após a denúncia do Ministério Público Federal". Na sentença, a juíza Maria Isabel do Prado destacou que houve "ganância" e que Tranchesi "demonstrou ter personalidade integralmente voltada para o crime".

Em sua decisão, a juíza mencionou que a "organização criminosa" também deve ser presa por ter "conexões no estrangeiro" e que os acusados praticavam "crimes de forma habitual, como verdadeiro modo de vida, ou seja, são literalmente profissionais do crime".

No mesmo dia, a empresária foi presa pela Polícia Federal em cumprimento à sentença judicial, mas, um dia depois, a defesa conseguiu um habeas corpus e Tranchesi foi libertada.

Fosse uma preta-pobre-puta da Daspu (grife de roupas sensuais de prostitutas cariocas), estaria até agora presa!