terça-feira, 30 de junho de 2009

Aniversário de moi!

Mantedo-me distante do clic da câmera, Patagônia Chilena

Quero me desculpar aqui com os poucos, mas fiéis leitores pela ausência de notícias. É que durante esse período de distância absoluta do universo pontocom estive em férias no Caribe para celebrar, em comemoração privada, meu 28º aniversário.

Informo ainda que durante o tour conheci cidades históricas e destinos deslumbrantes. A peruana Machu Pichu, o belíssimo balneário mexicano de Cancún e o povoado equidistante da argentina Bariloche estão entre os principais endereços.

O passeio em trenós na neve puxados por cães em British Columbia, Canadá foi reconfortante. Naveguei o rio Mekong, no Laos, sem rumo, em uma pequena balsa, e fui parando nas vilas mais encantadoras.

Exótica foi a jornada de camelo pelo Saara, até Merzouga, uma vila no centro do Marrocos. E o cruzeiro enófilo pelo Canal de Borgonha, na França, parando só para conhecer as vinícolas e os vinhedos? Hein?! Hein?! Inesquecível!

Perdi-me pelas ruas e pontes sobre os canais de Amsterdã, de bicicleta, sem dia certo para ir embora. Rodei a Austrália inteirinha em um motorhome alugado – foi hilário!

Atravessar de ônibus a Karakoram Road, a estrada mais alta do mundo, entre a China e o Paquistão - (e uma das mais lentas também, porque cruza uma cordilheira himalaya) fez-me perder todas as fobias.

Caminhei 4 dias na trilha Milford Track, na Nova Zelândia, considerada um dos melhores circuitos de trekking do mundo. Participei de um cruzeiro pelos fiordes da Patagônia chilena, de Puerto Montt e Punta Arenas, Laguna San Rafael e Parque Torres del Paine.

Depois de rodar de lambreta pela Côte d’Azur francesa - em Nice, epicentro da Riviera Francesa, peguei o avião e retornei ao Brasil, e em Juçaral: no coração do éden, revi amigos, e rodeado deles, bebi e sorri inadivertidamente.

É o que agora e sempre desejo também a todos, todos os anos, todos os meses, todos os dias... (inclusive àqueles com os quais não nutro simpatia), porque merecemos! E como diria o velho, calejado e democrático Ulisses: que Deus nos ajude! Que isto (o imponderável) se cumpra! Amém!

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Michael Jackson não morreu!

Michael Jackson e suas armações: deu um toco a um mulato do
Brooklyn para fingir estar emocionado diante de um caixão vazio

Este blog recebeu informações quentíssimas, de fonte segura, que dão conta da aparição - lá no Monte das Tabocas - de ninguém mais, ninguém menos do que o Rei do Pop. De acordo com a fonte - que impedido que sou de revelar pelo código de ética jornalístico, ainda que eu não seja jornalista - Michael chegou de surpresa, de mototáxi. Pagou a corrida com uma nota de 100 dólares e em seguida escalou a pedra onde a duras penas mantém-se lá um centenário mastro em alusão à luta dos vitorienses quando da expulsão de nossos irmãos holandeses.

O anônimo ainda dá conta de que Jackson, ao chegar no alto da pedra, debelou o seu famoso grito: Auuuu!. O confidente acrescentou também que o filho caçula do velho Joe abismou-se com a "crível" história de que indivíduos indoutos e magérrimos haviam expulsado um exército poderoso - como o flamengo, apenas na base da tabocada. O fuxiqueiro afirma que Michael Joseph Jackson demonstrou simpatia pela terra de Mariana Amália e que - se Paulo Roberto (Secretário de Cultura) quiser, ele virá cantar e dançar Thriller no famoso Dia 3 de Agosto.

Darei uma passada por lá um dia antes para conferir os preparativos!

Zelaya e o verdadeiro golpe

Foto: Reuters

Este blog reconhece que o verdadeiro golpe não foi aquele imposto por militares hondurenhos ao governo de Manuel Zelaya.

Ali não houve golpe. Ocorreu, sim, a destituição de um presidente que estava agindo como um ditador vociferante, babando feito cachorro doido às vésperas de se declarar dono do poder supremo em Tegucigalpa, indefinidamente.

Foi, e não há dúvida, uma reação legal e legítima dos outros poderes da república daquele país, que o pôs para correr. Portanto, viva o pueblo hondureño e Roberto Micheletti Bain - seu mais novo e legítimo presidente!

Puta que pariu Lula! Puta que pariu Obama! Puta que pariu Chaves!

Michael Jackson em ensaio 2 dias antes de sua morte

Foto: Kevin Mazur/AEG/Getty Images

Conforme publicado no portal de notícias Terra, a produção da turnê This is It divulgou 2 fotos (1 delas, acima) do que foi o penúltimo ensaio de Michael Jackson em Los Angeles. O cantor se preparava para a turnê de 50 shows que faria em Londres.

As imagens mostram Jackson fazendo passos de dança em um palco montado para a nova turnê. Nas duas imagens o cantor parece saudável e dançando como nos anos do auge de sua carreira. O primeiro show da turnê This is It seria realizado no dia 13 de julho.

domingo, 28 de junho de 2009

Isso é lá jeito de comemorar?!

Foto: Ivo Gonzalez

Brazil 3 x 2 U.S.A. (CAMPEÃO!)

Este é o Fabuloso. Luís Fabiano Clemente - centroavante, dos bons! A meu ver, o melhor jogador da Copa das Confederações - da qual também foi artilheiro, com 5 gols.

Incógnita, apenas, nesta comemoração no gol de empate contra os Obama's Boys. Dentes cerrados. Pronto para o engate. Eis aí o dono da camisa 9 canarinha ratificando o célebre slogan do simpático presidente ianque.

Yes, we can!

sábado, 27 de junho de 2009

Poesia: produto de primeira necessidade

Foto: Marcelo De Marco

O polêmico e inovador cineasta, poeta e agitador cultural vitoriense – do bairro periférico de Águas Brancas – José Bezerra de Oliveira, o popular JB, lança livreto com poesias em supermercado. Homenageando o escritor romântico português Camilo Castelo Branco, o trovador da Terra das Tabocas publica o seu "AMOR DE PERDIÇÃO – Quem nunca teve um amor não correspondido?", e seduz com os seus versos um público-leitor fiel: as donas de casa.

José Bezerra OliveiraJB divulgou hoje (27), em primeira mão, a sua coletânea de poemas – em meio a produtos alimentícios, como farinha, arroz e o nosso feijão de cada dia. Para ele, poesia também alimenta, devendo fazer parte – portanto – de uma cesta básica que se preze. Colaboraram para o projeto os empresários Jaílton Albuquerque (PALÁCIO DOS ALIMENTOS) e Helcias Jr. (ÓTICA BRASIL).

Na década de 80 muitos poetas utilizavam-se do mimeógrafo para divulgar os seus trabalhos, como: Leminski, Cacaso, Chacal e o pernambucano Miró – os chamados Poetas Marginais. Em trabalho gráfico artesanal, JB bebe na fonte desses ícones que viveram à margem do mercado editorial e, criativamente, engendra o seu próprio selo: GE – Guerrilha Editora para distribuir os seus livros ao custo módico de R$ 1.

Vai aqui uma "palhinha":

O barco do amor

Perdidos os remos,
O barco faz
O próprio destino:
Que é seguir à deriva.
Se formos a pique,
O leito do mar
Será o nosso leito.

[Entre em contato com o poeta! (jb1969@bol.com.br)]

Para homenagear Michael

Foto: Divulgação

Thriller é um álbum lançado por Michael Jackson pela Epic em 1982 que figura no livro Guinness dos Recordes como o mais vendido da história. Até 2006, conforme dados da Wikipédia, havia sido adquirido por mais de 104 milhões de pessoas. 7 das nove faixas do álbum chegaram às lojas como compacto, um marco que seria igualado poucas vezes no futuro. Outras músicas conquistaram o topo das paradas: "The Girl Is Mine", "Billie Jean". Jackson também é lembrado pelos seus videoclipes, considerados "inovadores" para a época. Assista também a um show do astro na cidade de Bucareste, na Romênia, em 1992, cantando o sucesso Beat It.


video

Thriller, (C) 1982 MJJ Productions Inc.


video

Beat It - Live (Bucareste, Romênia)

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Morre também o Rei do Pop

Foto: Divulgação

25 de junho ingrato! Acuso agora o canal de TV Record News trazendo a informação já divulgada por diversos meios de comunicação dos Estados Unidos, e confirmada pelo legista chefe de Los Angeles, Fred Coral: o cantor Michael Jackson foi socorrido por uma ambulância e levado para um hospital em Los Angeles, mas não resistiu.

O músico - rei do pop - sofreu uma parada cardíaca em sua casa em Los Angeles, e foi levado às pressas para o hospital UCLA Medical Center, onde faleceu aos 50 anos, nesta quinta-feira (25) de parada cardiorrespiratória provocada, possivelmente, pela overdose de medicamentos de uso restrito.

Jackson preparava a sua volta aos palcos. O retorno do cantor estava marcado para acontecer dia 13 de julho, em Londres em uma temporada de 50 apresentações na 02 Arena. Michael Jackson deixa três filhos, Michael Joseph Jackson Jr., Paris Michael Katherine Jackson e Prince "Blanket" Michael Jackson II e uma dívida de aproximadamente US$ 500 milhões.

Morre a "pantera" Farrah Fawcett

Farrah Fawcett promovendo produtos para cabelo.
Um tratado sobre o mercado publicitário da década de 70.

A atriz Farrah Fawcett morreu após uma longa batalha contra o câncer, aos 62 anos de idade, no hospital St. John em Santa Monica, Califórnia, na manhã desta quinta-feira (25). Mas, trago aqui - pelo menos, na minha opinião - a sua melhor imagem. A "pantera" esbanjando sensualidade para promover produtos de cabelo da marca Lady SchickThe Speed Styler. Nessa imagem, Fawcett aparece com uma beleza insuperável.

A musa descobriu que sofria de câncer anal há três anos, e desde então vinha se tratando contra a doença. Segundo informações do Portal iG, Ryan O'Neal - que vivia com a estrela desde os anos 1970, estava ao lado dela no quarto na hora em que ela morreu. Desde a última segunda-feira (22), Farrah estava internada na UTI do hospital e seus familiares e amigos já tinham se despedido da loira de sorriso inesquecível.

Brasil vence Bafana Bafana e faz a alegria do torcedor na Copa das Confederações

Foto: AP

Entre o olhar fixo e azulado do baiano Daniel Alves cobrando falta da entrada da grande-área e a alegria das cornetas de Johannesburgo, fico com o sorriso verde-amarelo após o jogo.

A estrela é de Dunga.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Campanha: "Sai daí, Sarney!"

Foto: Roberto Stuckert Filho

Já falaram Cristovam Buarque (PDT/DF), Pedro Simon (PMDB/RS), Arthur Virgílio (PSDB/AM)... agora falo eu: SAI DAÍ, SARNEY!

Quem se subescreve?

terça-feira, 23 de junho de 2009

Tuca Siqueira e o seu olhar fotográfico

Foto: Divulgação

Esta é Tuca Siqueira - jornalista, cineasta e fotógrafa pernambucana. Conheci Tuca através da Fundação Roberto Marinho, quando acompanhou as minhas atividades com alunos do Programa Travessia realizadas na Escola Estadual Guiomar Krause Gonçalves, no bairro de Jardim Ipiranga.

Tuca (filha de Luciano Siqueira) me deu dois presentes, com direito à dedicatória: Homine - costurando identidades urbanas & Rainha dos Degredados (vídeo-poema inspirado em texto homônimo da também querida e criativa Cida Pedrosa).

Ontém, para minha alegria, flagrei fotografia de Tuca estampada no Diário de Pernambuco em matéria assinada pela jornalista Juliana Godoy, cujo título - Releitores do mundo - remetia a uma análise do papel da fotografia - uma arte que é puro exercício de sensibilidade e paixão pela reinterpretação dos fatos, das pessoas, da natureza. Tuca é tudo isso!

domingo, 14 de junho de 2009

Obra do poeta Joaquim Cardozo esquece organizador

Foto: Divulgação

No ano de 2004 recebi contato de um senhor à procura de alguém para digitar parte da obra (prosa) do engenheiro e calculista Joaquim Cardozo. Tratava-se de Everardo Norões, que por intermédio de Heloísa Arcoverde contratou meus serviços. Para mim, eram épocas de espigas miúdas. Vacas magérrimas. Heloísa sabia disso. Agradeci e agradeço muito.

Hoje, transcorridos 5 anos, abro o DP e leio que a edição do volume Poesia completa e prosa, que reúne a obra do escritor pernambucano, editada pela Nova Aguilar em parceria com a Massangana, chegou às livrarias sem os créditos da organização do poeta Everardo Norões. O também poeta Mário Hélio, em nota editorial para apresentar o trabalho, sequer cita o nome de Norões.

Na matéria assinada por Thiago Correia, dá a entender que tratou-se mesmo de birra, pois, ao longo de 25 páginas, em nenhum momento o grandiloquente Hélio cita o nome de Everardo. Thiago, em seu texto lembra ainda que, 'Coindicidência ou não, na nota há a seguinte passagem na página XIII: "Publicar um poeta da grandeza de Cardozo é algo tão honroso que importa menos quem o faz e mais como o consegue fazer".'

Querido Norões, você é MAIOR!

sábado, 13 de junho de 2009

Namoro ou amizade?!

Foto: Alexandre Severo

O repórter fotográfico do JC, Alexandre Severo flagrou - em "arraiá" do vereador caruaruense dos Democratas (DEM) Tony Gel - o governador Eduardo Campos (PSB) trocando ideias com o Senador Jarbas Vasconcelos (PMDB). Estariam, porventura, acertando uma aliança? É ruim!

Quem arrisca, então, o conteúdo do cochicho?

segunda-feira, 1 de junho de 2009

O voo 447 da Air France e a busca de uma "causa mortis"

Foto: AFP, AP e Bruno Domingos/Reuters

Ao contrário do que se especulou inicialmente, os ferimentos sofridos pelas vítimas fazem supor que o avião não explodiu nem se desintegrou inteiramente no ar, ejetando os passageiros a grande altura sobre o oceano. É quase certo que o aparelho caiu na água, ainda com a fuselagem preservada – pelo menos em parte – e com muitos dos passageiros em seu interior. No momento da queda, todos os ocupantes do Airbus já estariam mortos por asfixia, causada pela rápida despressurização da cabine momentos antes da queda. A informação foi dada à Veja por profissionais envolvidos na operação de resgate.

Com a mudança repentina de pressão dentro do avião e a consequente falta de oxigênio, os passageiros e tripulantes teriam sofrido hipóxia cerebral – falta de oxigenação – e desmaiado em menos de meio minuto. Sem a volta do fornecimento de oxigênio, todos teriam morrido rapidamente. Os peritos apontam outras provas de que pelo menos parte do Airbus chegou ao solo inteira. Se o avião tivesse explodido ou se desintegrado no ar, os corpos estariam muito mais machucados. A maioria dos cadáveres apresenta o chamado "sinal das quatro fraturas". Essa expressão da medicina legal se aplica a vítimas com fraturas nos terços médios de pernas e braços.

Walther Moreira Santos - Literatura Premiada

Foto: Bartolomeu Barros Jr.

Morava na rua 16, na Bela Vista e quando menos esperava Walther batia à porta. Empurrando uma bicleta. Dizia que era um dos poucos instantes que saia para espairecer. Falávamos, então, sobre literatura. Quer dizer, ele falava, eu ouvia. Depois me casei e Walther Moreira Santos - lá no cartório está registrado - foi testemunha.

Apresentava-me alguns dos seus livros - ainda no prelo, em completo estado de anonimato. Falava-me abertamente, sem cincunlóquios, sobre o seu transtorno afetivo bipolar. Walther contava sobre seu sofrimento. Contudo, percebi que soube disso tirar proveito e sua alma criativa pariu o genial Dentro da Chuva Amarela. A escrita sempre foi a sua catarse.

Formado em Direito, W.M.S. coleciona dezenas de prêmios e seus livros costumam ter boas tiragens. Walther acaba de ser indicado com o livro "O Ciclista" para a final do Prêmio São Paulo de Literatura 2009. O honraria (R$ 200 mil), concedida pelo Governo do Estado de São Paulo, terá seu resultado anunciado no dia 3 de agosto, em cerimônia no Museu da Língua Portuguesa.