terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Para esquecer o mundo

O fabuloso destino de Amélie Poulain é delicado e sutil, bonito e simpático, e não deixa apenas rastros de exemplo lhano. Interessa e muito, também, o transe, o devaneio, o orgaaaaaasmo na trilha de Yann Tiersen. Portanto, - leitores - gozem (La valse des Monstres)!

video

Ps.: Sugestão do compadre Walther Moreira Santos - onde quando se começa a conversa a pauta é sempre poesia, cinema, vinho e romances.

2 comentários:

  1. Um dos filmes mais, direi, viajáveis que já vi, lírico, surreal,hilário, emocionante. A linguagem, em todas sa suas possibilidades (infinitas) nos levam ao êxtase! (Recomendo, comprei e sempre que posso revejo!). Valeu Marcelo! Abçs!

    ResponderExcluir
  2. Gosto demais tambem.
    CUal melhor en este mundo brutal, que um poco de poesia, de sensibilidade !
    Olha en youtube a cancion " sur le fil " de Yann Tiersen ! Posso enviar muitas boas musicas de todoo mundo si quer.
    Valeu Marcelo ! Legal teu blog, continua assim ! BRavo

    ResponderExcluir